propaganda

(redirected from propagandas)
Also found in: Dictionary, Thesaurus, Encyclopedia.
References in periodicals archive ?
Outras formas de mensuracao na propaganda sao a do reconhecimento visual e da lembranca.
As reacoes da provocacao e da afeicao do espectador sobre a informacao sexual resulta, segundo LaTour e Henthorne (1993), na atitude sobre a propaganda, conceituada por Mackenzie e Lutz (1989) como uma predisposicao a responder de uma forma favoravel ou nao a um estimulo particular de uma propaganda durante uma ocasiao particular de exposicao.
LaTour (1990) descobriu que a provocacao aumenta em intensidade com o aumento do tipo de apelo sexual na propaganda, resultando em atitudes favoraveis em relacao propaganda quando ha energia, e atitudes desfavoraveis, quando ativada a tensao no espectador.
Corroborando com os estudos acima, Petroll, Damacena e Zanluchi (2007) e Petroll e Rossi (2008) descobriram que o apelo sexual favorece a propaganda e a marca quando o modelo contido nela e do sexo oposto ao do consumidor.
Por exemplo, Petroll e Rossi (2008) acharam, de modo geral, que a empresa e mais bem vista pelo consumidor quando anunciada em propaganda sem apelo sexual.
Portanto, nota-se que o uso de sexo na propaganda pode trazer tanto beneficios quanto maleficios marca e empresa anunciada.
Portanto, apesar da nao unanimidade dos resultados apresentados nos estudos acima mencionados, pode-se concluir, conforme Grazer e Keesling (1995), que a intencao de compra do consumidor sera maior quando a marca for promovida com um nivel apropriado de apelo sexual e dependendo do genero do modelo inserido na propaganda.
O tema foi conceitualizado e contextualizado junto a um esforco de se desenvolver uma analise das principais descobertas feitas por estudiosos da area sobre os efeitos que as formas sexuais utilizadas pelos profissionais de propaganda ocasionam no espectador quando os mesmos sao submetidos a veiculacao da propaganda.
Este apontamento demonstra que nao ha, por enquanto, uma similaridade de resultados dos efeitos do sexo nos espectadores, ja que eles dependem nao so do tipo de produto e do tipo de propaganda (subentende-se as formas de sexo demonstradas neste artigo) veiculadas, mas tambem das caracteristicas do publico a que se quer atingir, seja em questoes demograficas, como genero, entre outros, seja em questoes emocionais, comportamentais e de personalidade (Reichert, 2001, 2002; Severn; Belch; Belch, 1990; Wise; King; Merenski, 1974).
CONAR restringe erotismo e jovem em propaganda de cerveja e vinho.
Apelo Sexual na Propaganda e seus Efeitos sobre o Consumidor: um experimento em midia impressa.
A evolucao da propaganda na midia impressa 1950-2000.