vain

(redirected from vainer)
Also found in: Dictionary, Thesaurus, Medical, Idioms, Encyclopedia.
Related to vainer: vainest
References in periodicals archive ?
Vainer (2000) defende que o discurso do Planejamento Estrategico se estrutura sobre a articulacao da cidade enquanto mercadoria, empresa e patria, e sua adocao implica na apropriacao da cidade por interesses empresariais privados e pelo banimento da politica, porque se busca o consenso, ja que os conflitos podem desestabilizar a ordem necessaria a esse tipo de planejamento.
Segundo Vainer (2000, p.76), esse modelo, "inspirado em conceito e tecnicas oriundos do planejamento empresarial, originalmente sistematizados na Havard Business School" deveria ser adotado pelas cidades pelo fato das mesmas estarem submetidas aos mesmos desafios das empresas.
Cria-se o que Carlos Vainer denomina de "cidade de excecao", como verificado a seguir:
(16) Vainer (s/d) demonstra como a questao do empresariamento das cidades tem inicio ainda nos anos de 1990 como uma estrategia neoliberal de planejamento, visando tornar as cidades competitivas e flexiveis.
Produtividade, competitividade, subordinacao dos fins a logica do mercado, eis os elementos que presidem o Harvey chamou de empresariamento da gestao urbana (Harvey, 1996) (Vainer, 2000: 85).
Como diverso autor tem assinalado (Harvey, 1993; Vainer, 1998; Fernandes, 2001), essa busca de competitividade supoe uma exploracao das vantagens comparativas e a qualificacao da cidade para atrair os capitais que circulam no espaco sem fronteiras do mundo globalizado, com a oferta de um ambiente favoravel e varias ordens de vantagens e subsidios aos negocios (menores custos de infraestrutura, isencao de impostos, cessao gratuita de terrenos, etc.).
De acordo com Vainer (2011), os megaeventos estao relacionados ao novo modelo de planejamento urbano, pautado no planejamento estrategico, onde os interesses do grande capital prevalecem ao da populacao.
(16) Para un analisis mas profundo de este fenomeno vease Vainer (2000).
Conforme Vainer (24), "na cidade, como na sociedade em geral, a intervencao do Estado e vista como algo nefasto, que inibe o livre jogo das forcas do mercado, que pelos canones do liberalismo economico asseguraria a alocacao otima dos recursos".
Para urna critica ao planejamento estrategico e ao city marketing, ver Vainer (2000a e 2000b) e Sanchez (2001).
Asimismo, el discurso de los modelos hace referencia a la amplia participacion ciudadana, que en este caso parece hablar mas de una adhesion social al proyecto hegemonico, acritica y reverenciadora, que propiamente de una ciudadania sustantiva, lo que Vainer (2003) llama un estimulado "patriotismo urbano" como componente autoritario del nuevo modelo de ciudad.
ARANTES, Otilia; VAINER, Carlos e MARICATO, Erminia.